terça-feira, 31 de julho de 2012

Intervenção Cultural na FLIP – Leitura Interativa – Poema Cidadão


No dia sete de julho último, saiu do VALE DO PARAÍBA um grupo de poetas decididos a marcar presença na Festa Literária mais contagiante do país. Era um sábado de sol em Paraty e Drummond estava na boca e no coração dos apaixonados por sua poesia. Para celebrá-lo, os poetas de Taubaté escolheram o poema "As Sem Razões do Amor" e criaram um Banner que permitiu uma interação corporal com o poema. O ideia é levar cidadania através da arte poética, entrar no poema e ter com ele uma relação próxima e descontraída. Os transeuntes adoraram! Além de tirarem fotos com o poema, aproveitaram para declamar poemas de livros que foram oferecidos generosamente pelo grupo de poetas da Confraria do Coreto de Taubaté. Os declamadores muitas vezes eram também autores de livros de poesia. Muitos vão se lembrar desse dia como um momento de descontração e alegria. Suas vozes foram ouvidas e ecoaram pela paisagem exuberante de Paraty. 
O projeto: Leitura interativa - Poema Cidadão, pretende divulgar poesia de qualidade através de ações de rua que permitam ao transeunte interagir corporalmente com o poema.
A autora do projeto, Teresa Cristina Bendini, é escritora de livros infantis (Teca Bendini) e associada da UBE desde julho último.
Veja as imagens da Intervenção:








domingo, 15 de julho de 2012

VÍDEO DOCUMENTÁRIO: ARTE DOS 4 ELEMENTOS



Os ceramistas do Ateliê Terra Tátil de Taubaté, realizam em parceria com o C.D.P.H. UNITAU e a Produtora Cultural FLECHAS Arte e Educação, a exposição Arte dos 4 Elementos. Terra, Ar, Água e Fogo, presentes no processo de criação da cerâmica. Alexandre Malosti, Sidnei Costa e Talita Cunha irão apresentar novas peças e produtos, além de instalações aéreas. A exposição ficará aberta para visitação no período de 07 de julho a 30 de agosto, no Solar da Viscondessa do Tremembé, rua XV de Novembro, 996- Centro Taubaté - SP. Dias e horários para visitação 2ª a 6ª feira das 8h às 11h e das 14h às 17h. Aos sábados, das 8h às 11h.

Vídeo documentário produzido por Angelo Rubim do Portal Almanaque Urupês. Visitem o site do Almanaque, muitos vídeos interesssantes, reportagens, história de Taubaté e do Vale do Paraíba. 

domingo, 8 de julho de 2012

FOTOS EXPOSIÇÃO ARTE DOS 4 ELEMENTOS

Confira algumas fotos da Exposição de Cerâmica Artística: ARTE DOS 4 ELEMENTOS. Os ceramistas Alexandre Malosti, Sidnei Costa e Talitha Cunha do Ateliê Terra Tátil, trazem através da alquimia do fogo, água, ar e terra seus novos trabalhos. A exposição fica aberta para visitação até dia 30 de agosto, no Solar da Viscondessa, Rua XV de Novembro, 996 Centro Taubaté. Segunda a sexta horário comercial e sábado até 12hs.





Veja outras fotos no link:

domingo, 3 de junho de 2012

X EDIÇÃO CONCURSO DE POESIAS POETAS DO VALE PRÊMIO DAILOR VARELA


X Edição do Concurso de Poesias Poetas do Vale, Prêmio Poeta Dailor Varela realizado pela Confraria do Coreto de Taubaté, dia 02 de junho de 2012, auditório da O.A.B. de Taubaté. 

CONFRARIA DO CORETO TAUBATÉ


Breve histórico de como nasceu a Confraria do Coreto de Taubaté-SP. Grupo de poetas e artistas que realizam encontros semanais. Muitos projetos e ideias surgiram durante a realização dos Saraus de poesias. A Confraria do Coreto é um grupo informal e independente, aberto a participação do público em geral.

PRÊMIO POETA DAILOR VARELA, HOMENAGEM


Homenagem ao poeta Dailor Varela, Prêmio Poeta Dailor Varela X Edição do Concurso de Poesias Poetas do Vale realizado no dia 02 de junho de 2012 em Taubaté SP, pela Confraria do Coreto. Um pouco de sua biografia e imagens do convívio em Taubaté e amigos da Confraria. 

sábado, 26 de maio de 2012

V FESTA DA MANTIQUEIRA - DIÁLOGOS COM A LITERATURA EM SÃO FRANCISO XAVIER

Nossa poeta e escritora Teresa Bendini, que está participando do V Festival da Mantiqueira de São Francisco Xavier, nos enviou essas fotos. Além das fotos, toda a programação do evento. Pelas imagens o evento foi um sucesso. Parabéns a nossa Teresa.





















Realizado pela Secretaria de Estado da Cultura, de 25 a 27 de maio, o Festival promove o encontro de nomes como Domingos Pellegrini, Carlos Eduardo Novaes, Marcos Augusto Gonçalves, João Paulo Cuenca e Maitê Proença, com leitores, estudantes e professores.
O evento tem a curadoria de André Sturm, inclusive sobre a programação realizada no Photozofia Arte & Cozinha, que há 5 anos cede o espaço GRATUITAMENTE. O Photozofia acredita que este é um evento cultural importante na formação da comunidade de São Francisco Xavier e de seus visitantes.
O Festival da Mantiqueira, ponto de encontro dos amantes da literatura, chega à quinta edição entre os dias, 25 a 27 de maio (sexta a domingo), em São Francisco Xavier, distrito de São José dos Campos (138 km de São Paulo). Entre os destaques do evento, realizado pela Secretaria de Estado da Cultura, autores em processo de criação, e outros, com obras prontas para serem lançadas. Confira aqui a programação completa:


João Paulo Cuenca lança, em maio, A última madrugada, coletânea de crônicas publicadas entre 2003 e 2010. Ana Miranda publica, no segundo semestre, biografia de Xica da Silva, que integra coleção coordenada pelo historiador Eduardo Bueno. Flávio Carneiro lança, em outubro, o infantil Devagar e Divagando, pela editora Rocco, com ilustrações de Roger Mello.
José Castello leva às prateleiras, até o fim de 2012, duas coletâneas: Sábados Inquietos, pela Leya, e As feridas de um leitor, pela Bertrand Brasil. O autor também trabalha em ensaio com o título provisório de Aura. O livro, sobre o nascimento dos escritores, tem como base uma releitura de Robinson Crusoe, de Daniel Defoe, primeiro romance lido por Castello, aos nove anos de idade. Maitê Proença edita o livro colaborativo É duro ser cabra na Etiópia, com lançamento no final do ano, pela editora Nova Fronteira.
Outros escritores estão debruçados em novos livros. Paulo Scott se dedica a Ithaca Road, que integra o projeto Amores Expressos, da Cia. Das Letras. Flávio Carneiro trabalha em romance policial e conta as novas aventuras da dupla de detetives do livro Campeonato, de 2002. Marcelo Ferroni também escreve romance policial, com lançamento previsto para o final de 2013.
Entre os destaques ainda estão nomes como Domingos Pellegrini, Carlos Eduardo Novaes, Marcos Augusto Gonçalves, Rubens Figueiredo e Zeca Baleiro. Em meio à turnê brasileira do álbum O CD do ano, recém-lançado, Baleiro apresenta-se como cantor e escritor. Participa, no sábado (26/5), às 15h, da tenda dos escritores e às 22h, faz show no palco principal.
As atividades são concentradas no centro do distrito. A tenda principal, montada na Praça Cônego Antônio Manzi, recebe escritores e público para debates temáticos mediados por Cadão Volpato, enquanto a tenda dos estudantes possibilita o encontro de autores e alunos de escolas pré-agendadas. A programação ainda inclui atividades para as crianças, na Biblioteca Solidária; shows, no palco principal e no Photozofia Arte & Cozinha, e oficinas exclusivas para professores e estudantes maiores de 18 anos. As aulas são realizadas na EMEF Profª Mercedes Rachid Edwards. Pela manhã, ruas e praças da cidade recebem o projeto Poesia Viva na Mantiqueira, intervenção poética da Cia Nós Duas, do Vale do Paraíba.
Uma loja da Livraria Saraiva é montada na praça principal, onde ficam à venda títulos dos autores presentes no Festival. Após as atividades, o local recebe os escritores para sessões de autógrafo.
Tenda principal – O primeiro debate do Festival, no sábado (26/5), às 11h, coloca lado a lado Carlos Eduardo Novaes (Candido Urbano Urubu e Redemptoris: A Saga do Cristo Desaparecido) e Flávio Carneiro (A Distância das Coisas e A Ilha), em mesa que tem como tema Literatura & Entretenimento.
Às 15h, Zeca Baleiro, autor do livro de crônicas Bala na Agulha - reflexões de boteco, pastéis de memória e outras frituras, que também tem na bagagem o livro de canções Souvenir Made in Hong Kong, conversa com o público sobre o seu lado escritor.
A última mesa do dia, às 17h30, reúne José Castello (Vinicius de Moraes: O Poeta da Paixão e Ribamar) e os vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura, em 2011, Rubens Figueiredo (Passageiro do Fim do Dia) e Marcelo Ferroni (Método Prático da Guerrilha), para falar sobre ficção e realidade e responder à pergunta: Em que medida uma interfere na outra?
No domingo (27/5), às 11h, Maitê Proença (Entre Ossos e a Escrita e Uma Vida Inventada) e Carola Saavedra (Paisagem com Dromedário e Flores azuis), conversam sobre A Mulher na Escrita ao Longo dos Tempos.
Maitê, que grava o remake Gabriela, da TV Globo, também está em fase de captação de recursos para encenar a peça Á beira do abismo me cresceram asas, de sua autoria.
Às 14h, a mesa tem como tema Os Novos Romancistas Brasileiros e a Reciclagem da História Política Contemporânea. Entre os escritores estão Paulo Scott, com Habitante Irreal, lançado no final de 2011 e Ronaldo Wrobel, autor de Traduzindo Hannah, finalista do Prêmio São Paulo de Literatura em 2010, além de Liniane Brum. A escritora acaba de publicar, pela Editora Arquipélago, seu título de estreia Antes do Passado – O silêncio que vem do Araguaia, e já pensa em um segundo livro, uma ficção inspirada em alguns dos personagens encontrados ao longo da pesquisa para a primeira obra.
A última mesa, às 16h, será com Marcos Augusto Gonçalves, que lançou, em fevereiro, 1922 – A Semana que Não Terminou e fala sobre os 90 anos da semana de 22.
Tenda dos Estudantes – No sábado, às 11h30, Domingos Pellegrini apresenta Saques e Toques – Poesia para Ver, Ouvir, Sentir e Pensar, uma exibição de poesias haicais. O escritor, que lançou no ano passado o romance Herança de Maria e o juvenil Estação Brasil, tem como próximo livro, o infantil Hospital de Brinquedos, da Geração Editorial.
Às 15h30, João Paulo Cuenca fala sobre A última madrugada e, às 18h, os estudantes conversam com Tatiana Salem Levy sobre Dois Rios, que também será publicado em Portugual e na Itália. Em agosto, a escritora publica infantil sobre o Curupira, pela editora Tinta da China.
No domingo, às 11h30, o bate-papo é com Vinícius Campos. O autor lança, durante o Festival, O Amor nos Tempos do Blog. Sucesso de público e crítica na Argentina, o livro chega ao Brasil, pela Companhia das Letras. Radicado em Buenos Aires há sete anos, Vinicius publica no país o infanto-juvenil com título provisório Agentes DF, editado pela Ediciones B. O autor também trabalha em um novo livro, intitulado Como ser feliz na Paraíba?.
Às 14h30, Ana Miranda conversa com os estudantes sobre Dias & Dias. A escritora também chega às livrarias, ainda esse semestre, com o infanto-juvenil Carta da vovó e do vovô. Na sequencia, às 16h30, o convidado é o Ricardo Azevedo, para falar sobre O chute que a bola levou. Azevedo lança, em julho, pela editora Moderna, uma nova versão de Lúcio vira bicho, antigo sucesso da Cia. das Letras, reescrito como O Motoqueiro que virou bicho.
A Tenda dos Escritores, destinada a alunos de escolas previamente agendadas, para bate-papos com autores, também é aberta ao público do Festival, que participa das conversas mediante a retirada de senha.
Shows – A cerimônia de abertura, na sexta-feira (25.05), às 20h, é seguida de show da turma do Biribinha, companhia fundada por Teófanes Silveira (Biribinha) há 33 anos, tem como características o palhaço tradicional e a música inusitada. Com mais de 20 anos de carreira, Peleco, cantor e compositor de São José dos Campos, faz show de MPB, às 21h, no palco principal. Às 23h, o público é convidado a assistir o stand up comedy de Marcos Castro, Meu número. No roteiro do show estão assuntos como mitologia, reforma ortográfica e interpretação dos sonhos.
No sábado (26.05), às 16h30, o coreto é palco para o show Acenando com Bandeira, um passeio do cantor e compositor baiano Nando Luz, pelo universo poético de Manuel Bandeira. Às 20h30, o Photozofia abre espaço para o show Uma toada para João e Maria, o amor segundo Chico Buarque, que conta e canta a história de um casal desde a primeira troca de olhares, e tem como fio condutor as músicas de Chico Buarque.
Às 22, Zeca Baleiro faz uma retrospectiva da carreira, no show Zeca Baleiro e Banda, no palco principal. No repertório, estão canções já consagradas como Salão de Beleza, Babylon, Telegrama, Quase Nada e Vai de Madureira. Além de músicas do novo cd O Disco do Ano, entre elas, Calma Aí, Coração, Nada Além, Tattoo, Último Post e Ela Não se Parece com Ninguém.
Domingo (27.05), às 11h, o coreto recebe o espetáculo O Lobo que Queria Ser Príncipe, uma viagem pelo mundo dos clássicos da literatura infantil. A Orquestra Piraquara de Viola Caipira, de São José dos Campos, se apresenta, às 17h, sob a regência do maestro Ruy Torneze.
Atividades Infantis – No sábado e no domingo, as crianças podem participar de atividades que tratam a literatura de maneira lúdica, na Biblioteca Solidária, sempre às 12h e às 14h.
Oficinas – Durante o Festival também serão ministradas as oficinas Literatura, mídia e educação, com Clóvis Bulcão e Da imagem à palavra: enredos possíveis, com Carla Caruso. As aulas são destinadas a professores de escolas públicas e privadas de São Paulo e a estudantes maiores de 18 anos, previamente inscritos. Carla, que recebeu, em 2010, o Jabuti pelo Almanaque dos sentidos, deve lançar, no segundo semestre, o Almanaque da Palavra. Bulcão publica, ainda no primeiro semestre, Contando a História. O escritor está debruçado na biografia da família Guinle, responsável pela construção do Porto de Santos.
V Festival da Mantiqueira – Diálogos com a Literatura
Data: 25, 26 e 27/5 (sexta, sábado e domingo)
Local: Praça Cônego Antonio Manzi, centro de São Francisco Xavier, distrito de São José dos Campos (138 km de São Paulo e 59 km de São José dos Campos)

domingo, 6 de maio de 2012

domingo, 29 de abril de 2012

VÌDEO: MESTRE JUSTINO

Uma breve viagem na retrospectiva da vida e obra do Mestre Justino, vai desde o inicio com seus pais, adiante um de seus sonho a casa em Redenção da Serra com sua família, ai sim começa sua trajetória de exposições e murais pintados em Redenção da Serra, Taubaté e Bragança Paulista.Também algumas telas e desenhos que pintou no decorrer de seus 53 anos de Artes. Um de seus Quadros mais ANTIGO foi o Cristo pintado em couro de boi, com seus 10 anos de idade, unica peça que ele não desfez, pois os MILHARES de quadros que pintou nestes 50 anos de Arte foram todos vendidos, não poupou nem o quadro de sua mãe, pois vivia somente de Arte (ele respirava,comia e bebia Arte) Este foi o Mestre Justino.




Este video gravado pela Fundação Cassiano Ricardo de São José dos Campos, traz uma reportagem ao vivo com Justino contando um pouco do inicio de sua vida artistica, enquanto ele pintava uma tela.Depois mostra alguns de seus Murais em Taubaté

domingo, 22 de abril de 2012

domingo, 1 de abril de 2012

VÍDEO: Dia da Poesia comemorado em março de 2012


Pindamonhangaba comemorou neste sábado (17), o Dia Nacional da Poesia. A data é 14 de março e foi criada em homenagem a Castro Alves.



O evento é uma iniciativa da Prefeitura de Pindamonhangaba, por meio do Departamento de Cultura. Artistas estiveram espalhados no mercado municipal, e na Praça Monsenhor Marcondes.

VÍDEO: AUDIÊNCIA PÚBLICA CONSELHO DE CULTURA TAUBATÉ 27/03/12

VÍDEO COMPLETO AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURAL DE TAUBATÉ REALIZADA NO DIA 27/03/12. Clique na imagem.


Leia também a matéria publicada pelo site da TV Câmara de Taubaté.


domingo, 11 de março de 2012

1ª EXPOESIA DE TAUBATÉ - 10/03/12 Praça Santa Terezinha Taubaté



Assista ao vídeo com a reportagem da TV Vanguarda que deu uma excelente cobertura ao nosso evento.

FOTOS 1ª EXPOESIA DE TAUBATÉ

 

Clique na imagem acima e confira as fotos do evento.

1ª EXPOESIA DE TAUBATÉ

Realizado: 10 de março de 2012 
Local: Praça Santa Terezinha Horário
Comemoração ao dia nacional da poesia
Programação:
Varal de poemas (cerca de 3.000) 
Roda de poemas
 Exposição e doação de livros de poesias
Oficina Criativa infanto-juvenil ( Com a Profª Mércia Gama)
Leitura de poesias e histórias infantis ( Com Teresa Bendini e Karina Aldrigs) 
Teia de palavras e versos (Com Teresa Bendini)
Exposição de poemas concretos
Música: Chorinho e Samba com a Banda Mistura e Manda
 Realização:
 Confraria do Coreto de Taubaté
Apoio Cultural: Tangram das Ideias

domingo, 4 de março de 2012

PROJETO CULTURA NA KOMBI


Apresentação e oficina de maracatu no Cataguá, Taubaté / SP realizado pelo coletivo de artes itinerante Cultura na Kombi.

Cultura na Kombi é um projeto sociocultural formado por um coletivo de artistas, gestores e realizadores culturais do Vale do Paraíba, com o objetivo de levar a arte, a cultura e o desenvolvimento para comunidades em situação de vulnerabilidade social, utilizando como a marca do projeto, transporte da equipe e estúdio de áudio e vídeo móvel, um veículo Volkswagem Kombi ano 74 original.


Para saber mais sobre o projeto acesse:


domingo, 5 de fevereiro de 2012

DIÁLOGOS ATEMPORAIS DA POESIA

DIÁLOGOS ATEMPORAIS DA POESIA
SOLAR DA VISCONDESSA DIA 04 DE FEVEREIRO DE 2012
Fotos de mais um encontro debatendo poesia em Taubaté.